«Discussões on-line
      

 

O que é um chat?

Um chat é um espaço aberto na Internet, onde pode falar com outros utilizadores em tempo real utilizando uma alcunha. Os grupos de chat ou salas de chat têm, muitas vezes, uma designação baseada num tema ou grupo etário. Podem existir muitos utilizadores a participar numa discussão, embora as conversas privadas entre dois utilizadores também sejam possíveis em muitos casos. Os chats têm a sua própria linguagem, regras e até cultura. É importante que os pais aprendam algo sobre estes protocolos dos chats e recomenda-se que a aprendizagem seja efectuada com a ajuda das crianças.

O que é um IRC?

O IRC (Internet Relay Chat) permite-lhe ter conversas em tempo real na Internet. O IRC oferece opções mais vastas do que o simples chat. Necessita de um programa separado (cliente de IRC) para contactar os canais - salas ou grupos de discussão - que pretende. O IRC permite a discussão simultânea em vários "canais" e o estabelecimento de conversas privadas entre duas pessoas. As regras para uma utilização segura são as mesmas para o IRC e para as salas de chat.

Como participar em chats de forma segura

As crianças que utilizam um chat devem saber como participar de forma segura. Todas as pessoas devem pensar nas regras que se seguem relativamente à forma de participar em chats:

1. Manter as informações pessoais seguras/secretas.
2. Informar o administrador do chat se detectar qualquer tipo de assédio.
3. Se a situação for incómoda, deixar a sala de chat.
4. Falar com os pais se sentir algum tipo de incómodo.
5. Ser correcto com as outras pessoa durante o chat.

O que é a participação segura em chats?

A pessoa com quem está a participar no chat é determinante relativamente à segurança e divertimento que o chat tem para si. Geralmente, pode determinar a segurança de uma sala de chat que é utilizada pelo seu filho com base nas três questões seguintes:

1. A sala de chat está vocacionada para crianças?
Nas salas de chat dirigidas para crianças, a probabilidade de tópicos inadequados ou de contactos impróprios é baixa.

2. A sala de chat é moderada?
Por vezes, as salas de chat têm moderadores voluntários que gerem todas as comunicações inadequadas e que podem bloquear a entrada aos participantes indesejados. Se a supervisão não estiver activa, a sala de chat deve, pelo menos, ter um botão para comunicar com o administrador. As salas de chat moderadas são preferíveis para as crianças. A segurança aumenta se as conversas forem gravadas.

3. É possível bloquear pessoas?
Sim. O bloqueio ocorre quando é impedida a publicação, na sala de chat, de mensagens de uma determinada pessoa. Depois de uma pessoa ter sido bloqueada, as suas mensagens não aparecem mais no ecrã.

Conversas privadas
Quando conhece uma nova pessoa num grupo de discussão on-line, pode preferir passar do chat público para uma maior privacidade, ou seja, um espaço de conversa de um-para-um. Por exemplo, numa sala de chat pode começar numa sala pública e, depois, passar para as mensagens instantâneas ou e-mail. Quando utilizar estas ferramentas, pode continuar a proteger a sua identidade utilizando uma alcunha (por exemplo, alcunha01@domínio.pt). É também mais fácil desistir deste tipo de endereço, se o novo contacto for alguém com quem pretende deixar de comunicar. Uma boa orientação para as crianças é não ficarem em conversas privadas on-line com pessoas que elas não conhecem pessoalmente.

Encontros com contactos on-line
Se o seu filho conhece uma nova pessoa on-line, pode querer encontrar-se pessoalmente com ela. Mesmo se a amizade on-line tiver sido mantida durante algum tempo, é importante que sejam tomadas todas as precauções relativamente ao encontro. Embora a maioria dos encontros entre amigos on-line seja divertida e inofensiva, por vezes, e lamentavelmente, tal pode não acontecer. Felizmente, os casos de abuso desta natureza são extremamente raros em Portugal. Se for planeado um encontro, é imperativo que a criança seja acompanhada por um dos pais ou por um adulto de confiança e que o encontro ocorra num local público.